MOTORISTA DE AMBULÂNCIA DESRESPEITA ATÉ IDOSO


Recebemos uma denúncia sobre um caso com um idoso, cego, em tratamento de hemodiálise, que obviamente tinha problemas de mobilidade, tendo que se locomover a pé até a ambulância, porque o motorista não quis subir a rua que dava acesso a porta de sua casa. Isso é uma total falta de respeito.

Não adianta a prefeitura e o secretário da saúde, Aurélio Barros, dizerem que está tudo ótimo com investimento na saúde, no hospital, em maquinários, em preparo de funcionários, se não se atentarem ao mínimo que um cidadão comum tem que se atentar, A HUMANIDADE.

Não esperem para corrigir o erro só porque a denúncia partiu daqui. PENSEM PRIMEIRO NO POVO.

Comentários