ALTINHO JÁ HOMOLOGOU SEU CONCURSO PÚBLICO



O Governo de Altinho já homologou o concurso público realizado, ao contrário da prefeitura de Panelas que tenta boicotar o concurso para que ele não se concretize, o governo de Altinho entende que a prova mesmo podendo ter sido difícil aprovou aqueles que deveriam, o discurso daqueles que estão no poder é completamente diferente do que escutamos da prefeitura de Panelas.

Assim como em Panelas, não havia concurso público a mais de 20 anos em Altinho e esse foi exigido através de uma ação civil pública realizada pelo promotor.
 
Divulgaram também um vídeo onde vemos o depoimento explicando o porque não seria possível restringir a participação de pessoas de outros municípios, por não ser legal. Até explicam a proposta que foi criada, que todos os municípios realizassem suas provas no mesmo dia, para que apenas pessoas de seu próprio município participassem da prova, essa proposta foi negada pelo Ministério Público, por não permitir que as pessoas tivessem a liberdade de participar dos demais concursos, caso desejassem. E mesmo entendendo a necessidade para a cidade do concurso público durante sua fala o prefeito de Altinho chega a comentar que as prefeituras não gostam de realizar concurso.
 
O Prefeito e o Secretário repetiram diversas vezes, que pediram para que as pessoas de sua cidade estudassem bastante, que dessa forma conseguiriam passar e ficam contentes com a quantidade de pessoas do município que conseguiram, entendem que não havia forma de restringir participações, ficam contentes que o concurso chegou até sua homologação sem nenhuma interferência, ou reclamação jurídica e prometem começar a chamar aqueles que passaram em Janeiro. Sérgio Miranda antes do concurso dizia que se tivesse concurso público os Panelenses não passariam e depois que a prova foi realizada a prefeita Joelma, Sérgio e todos do grupo de Sérgio disseram que a prova era muito difícil e injusta. Chegando a abrir eles mesmo um processo jurídico contra a prova realizada, processo aberto pela Prefeitura de Panelas,  que atrasou todo concurso público em Panelas, mas já está sendo contestado através de denúncia realizada por Pierre Logan a qual o procurador já se disse favorável. Da para ver bem a diferença de discurso de quem entendeu que os contratos temporários não beneficiam nem a população, nem a cidade, de quem ainda quer usar essas contratações apenas para controlar a população. 

Vídeo que foi comentado nessa matéria:

Por Alice Drake

Comentários