FRASES

JUAN GUAIDÓ NO BRASIL


Em uma tentativa de derrubar a ditadura Venezuelana, tirar a população de seu povo da fome e promover a volta a democracia em seu país. Juan Guaidó se declarou presidente interino no dia 23 de Janeiro 2019, ele era líder da oposição e presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, ele teve apoio do Brasil desde suas declaração e Maduro prometeu lutar e não recuar.

São muitos os países que não reconhecem o novo mandato de Maduro que iria até 2025 entre eles, Brasil, Estados Unidos, Canadá e do Grupo Lima (grupo de países da América Latina que se mobiliza para resolver a situação da Venezuela). Juan Guaidó tem conversado com os países que não reconhecem o mandato de Maduro, decidiu viajar para falar com esses países para apoiá-lo numa convocação de eleições livres. Internacionalmente, governos estudam bloquear valores no exterior de militares que decidirem continuar apoiando Maduro, para fechar o cerco, embora ninguém tenha interesse de que realmente se estoure uma nova guerra.

Em sua passagem pelo Brasil ontem 28 de Fevereiro de 2019, Juan Guaidó conversou com Bolsonaro e deu uma declaração à imprensa onde declarou que a situação da Venezuela é consequência de um ataque aos direitos humanos, a corrupção, a destruição do Estado de Direito , ataque a imprensa e a indústria privada. Disse que hoje Venezuela está lutando por eleições livres, ter trabalho, alimento e não necessitar atravessar a fronteira. Também declara que o Brasil estar junto da Venezuela beneficia os dois países, pois a liberdade e a paz na Venezuela controlará o fronteira evitando que terroristas, que hoje traficam para apoiar Maduro, continuem transitando entre os dois países. Deixamos aqui a declaração de Bolsonaro e Juan Guaidó para que você verifique. 



Lembrando que a ditadura da Venezuela se iniciou impondo as regras de governos Totalitários e Autoritários, por isso recomendamos essa leitura que você pode acessar aqui. O cenário hoje da Venezuela não é diferente do que se planejava para o Brasil e como país de fronteira o desenrolar dos acontecimentos se refletirá no nosso país, e já teve impacto em Roraima onde se concentra um grande número de refugiados e já precisou de ajuda militar, tendo problemas de segurança e saúde pública, por isso debates para resolver essa situação são de extrema importância.


Por Alice Drake

Enviar um comentário

0 Comentários