FRASES

GOVERNO QUER CRIAR "TINDER DO EMPREGO"



Hoje o Sine, Sistema Nacional do Emprego, é o maior banco de registro de desempregados do Brasil mas não é usado pelas empresas que procuram trabalhadores e o governo quer mudar isso criando seu próprio "Tinder do Emprego". 

Toda pessoa que recorre ao Seguro Desemprego tem que se cadastrar no Sine obrigatoriamente, por isso esse acaba sendo o maior banco de dados de desempregados do Brasil, mas a forma como os dados são capturados e arquivados hoje, é muito incompatível com o sistema utilizado pelas empresas, ficando, segundo elas, tão difícil para empresa achar o candidato para vaga que eles nem acabam usando o cadastro do Sine.

A ideia do governo é desburocratizar o sistema de captura e fornecimento de dados, além de disponibilizar a informação as empresas de uma forma muito parecida com o aplicativo de relacionamentos, com o Open Sine, ficando o currículo da pessoa disponível a empresa sem demais dados, quando a empresa tivesse uma vaga compatível e desse o "match", ou seja,  marcasse interesse no currículo, os demais dados seriam disponibilizados para prosseguimento normal de contratação. Dessa forma não seria mais o governo buscando empresas que pudessem contratar os desempregados inscritos no sistema, mas sim virando o que já devia ser, um grande cadastro de currículos gratuito.

Se pensarmos bem o que o governo pretende, não é muito diferente do que já vemos hoje em alguns sites e aplicativos de emprego, mas nos faz pensar porque demorou-se tanto tempo para se usar de uma forma útil o maior cadastro de desempregados existente no Brasil.  Esperamos que independente de como fique o sistema depois dessa atualização, que ele seja melhor utilizado e possa finalmente conectar, pessoas que buscam emprego e empresas buscando empregados. 

Por Alice Drake

Enviar um comentário

0 Comentários