FRASES

FRAUDES EM DISTRUBUIÇÃO DE ALIMENTOS EM ABRIGOS DE PAULISTA



Norberto Pessoa Brito da empresa Kaluah e Aluísio Mendes de Araújo da Araújo Dantas, foram presos por fraudar licitações na Prefeitura de Paulista, as licitações deveriam ser para distribuição de alimentos para abrigos, mas segundo a polícia essas empresas não tinha capacidade para entregar a quantidade e qualidade necessárias. A empresa Araújo Dantas por exemplo, segunda a investigação tinha 44 licitações para entrega de alimentos. Além disso, segundo a polícia eles pagariam para que concorrentes saíssem da disputa. As fraudes envolveriam também o pregoeiro Marcos Veríssimo de França, que em busca, encontraram  R$ 140 mil reais em espécie e documentos adulterados em sua casa.  A servidora pública Zenaide Carla Barbosa , namorada de Aluísio, que trabalhava na mesma secretaria que está sendo investigada, foi afastada de seu cargo. O secretário responsável José Augusto da Costa, que segundo a apuração  sabia das fraudes foi afastado também de seu cargo. Maria Dantas de Lima e Joseli Nunes da Silva da mesma secretaria estão sendo investigadas por falsificar os atestados de recebimento e repasse dos alimentos a casa de acolhimentos,  foram também afastadas de seus cargos. No total foram 15 mandados de busca e apreensão em Paulista, Recife e Abreu de Lima. A operação policial que realiza essas investigações é Convescote iniciada no início desse ano.

Mas um crime de Fraudes em Licitações, com prisões. E essas fraudes não perdoam nem a alimentação de pessoas em abrigos. Parece que as Prefeituras onde esses crimes acontecem estão tendo o cerco fechado em Pernambuco. Eu digo as prefeituras que não tem seus contratos de Licitação bem declarados e transparentes que sua hora vai chegar, porque o Draco, Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado, tem trabalhado bastante.


Por Alice Drake

Enviar um comentário

0 Comentários